Fotos: Fernanda Petelinkar para Mom Rocks / Texto: Leticia Brandão

O Mom Rocks completa 2 anos e para comemorar e encerrar o mês das mães, resolvemos fazer um ensaio diferente.
A fotógrafa Fernanda Petelinkar, que foi nossa Mom Rocks do mês de novembro, se encantou tanto com o projeto que convidou a Paula Brandão, co-fundadora e fotógrafa do site para inverter os papéis e ser a Mom Rocks da vez.
Vou contar um pouco da historia dela e como tudo começou.

A Paula ganhou sua primeira câmera quando tinha apenas 10 anos e tomou gosto por fotografar, mas nunca imaginou a fotografia como profissão.
Fez faculdade de Publicidade e logo foi trabalhar em agência, mas não conseguiu ficar nem uma semana. Foi então trabalhar em uma produtora como assistente de produção e na sequência migrou para assistência de direção.
Foi aí que se encantou com o cinema e se identificou com aquele mundo onde cada dia fazia coisas diferentes.
Paralelo a tudo isso, a paixão por fotografia permanecia lá, guardadinha. Durante o trabalho com cinema, onde atuou por 10 anos, a Paula foi aos poucos fotografando e aprimorando sua técnica, até que um dia tomou coragem e largou tudo para se dedicar exclusivamente ao ofício.
Mas as coisas começaram a mudar de rumo mesmo quando ela engravidou da Joanna (4) e depois da Olivia (3). Daí a historia foi outra, é o que vocês vão ver neste ensaio e no bate-papo que tivemos.  Continuar lendo...

MOM ROCKS, O PROJETO
O Mom Rocks nasceu da vontade de trocar ideias sobre o universo materno. De descobrir como as outras mães lidam com as questões do dia a dia com seus filhos. De saber como elas fazem com suas carreiras, maridos, amigos, de como cuidam da casa, cozinham, decoram, se cuidam ….. e tudo numa vida só, rs!
“O Mom Rocks para mim foi e está sendo muito importante. É onde eu posso criar e explorar o meu estilo de fotografar, sem ter que atender a nenhum cliente. Além disso, pude conhecer e conversar com outras mães que de uma maneira ou outra têm as mesmas dificuldades, as mesmas questões ou dúvidas que eu. Muitas vezes vou fotografar alguma mãe e conversando com ela acabo ouvindo algo que preciso ouvir naquele momento, é praticamente uma terapia”.

- COMO É SER MÃE DE DUAS MENINAS COM IDADES TÃO PRÓXIMAS?
” É um grande desafio e é uma delícia também. Aprendi e continuo aprendendo muito com elas. Hoje em dia sou mais mulher, mais feminina e delicada, e aprendi a gostar de rosa, rsrs!!
Quando a Joanna nasceu, amamentei até 9 meses e quando parei de amamentar, engravidei da Olivia. No começo foi um choque, a Jojo era praticamente um bebê. Mas quando soubemos que era outra menina achei muito legal pois sabia que elas seriam amigas, como sou da minha irmã.
De uma forma geral, todo irmão mais velho assume um papel de líder ente os outros, e a Joanna me ajuda muito com a Oli, mas tento ao máximo não sobrecarregá-la desta responsabilidade, pois por mais que ela seja a irmã mais velha, ela ainda é uma criança muito novinha, tento não pular etapas “.

- TEM ALGUMA FUNÇÃO DE MÃE QUE VOCÊ NÃO ABRE MÃO DE FAZER TODO DIA?
” No começo sim, quando a Joanna era mais bebê eu queria fazer tudo, não perdia um banho dela. Mas depois com a chegada da Oli, relaxei um pouco e vi que estaria tudo bem aceitar ajuda de outras pessoas. Conto muito com a ajuda do meu marido que é um super paizão, me ajuda em tudo, dar banho, levar na escola, dar almoço, e tudo que envolve o dia a dia delas “.

- QUAL O SEU MAIOR DESAFIO DEPOIS QUE SE TORNOU MÃE?
” Acho que educar os filhos para serem pessoas que saibam respeitar a si e ao próximo. E o meu maior desafio hoje em dia é desacelerar. O mundo hoje está cheio de informação, as pessoas vivem correndo, tudo é para ontem. Estou buscando viver o hoje, o agora, sem cobrança. Quero curtir cada vez mais as meninas “.

- COMO CONCILIA A VIDA EM FAMÍLIA E O TRABALHO?
” Essa é uma questão que vou adaptando a cada dia. Quando a Joanna nasceu demorei para voltar a trabalhar por que queria curtir ao máximo aquele momento, e como mãe de primeira viagem demorei para conseguir conciliar as duas coisas.
Quando ela completou 6 meses, fui retornando aos poucos e comecei a trabalhar apenas meio período, com a fotografa Claudia Jaguaribe.
Mais tarde, já gravida da Oli, quando completei 6 meses de gravidez, comecei a ter muitas contrações e tive que me afastar do trabalho pois tive que ficar de repouso. Mas depois que ela nasceu e completou 3 meses de idade, eu já consegui sair e fazer uma foto ou outra entre as mamadas. Foi nessa época que resolvi criar o Mom Rocks.
Depois que tive as duas, meus horários nunca foram fixos. Hoje elas já vão para a escola no período da tarde, então aproveito este horário para trabalhar e fazer minhas coisas, ou à noite depois que elas já estão dormindo”.

DICAS DE LIVROS
Para os pais:
- A Pedagogia Waldorf, Autor: Rudolf Lanz, Ed. Antroposófica
- Irmãos e Irmãs, Autor: Karl König, Ed. Antroposófica
A Doença como Linguagem da Alma da criança, Autores: Rudiger Dahlke e Vera Kaesemann, Ed. Cutrix
Para as crianças:
- Coleção Reino De Além-Véu, Autora: Luciana Betti, Ed. Antroposófica
- Coleção de livros da autora Marie-Louise Gay

PASSEIOS POR SP
- Picnic no parque do Povo
- Café da manhã e feira orgância do Parque da Água Branca
- Praça das Corujas, na Vila Madalena

 

CRÉDITOS
. foto 11 – Tatoo a base de água, da Love Tatoo You, comprado no Atelier Panacéia
. foto 16 – Cabide, Desmobilia / Gaveteiro e guarda chuva, herança da Vovó Celinha / Bolsa, Maria Filó
. foto 21 – Shape de madeira, Alex Senna / Ilustração Coração, Tara McPherson / Foto Portão Amarelo, Patricia Corvo / Fotografia caixa de Luz e Polaroids, Paula Brandão
. foto 24 – Estante Desmobilia
. foto 28 – Vaso de cerâmica pintado a mão pela minha mãe, Lilian Brandão / Poltrona Desmobilia
. foto 29 – Mini Mesa e cubos, Bododo / Mini cadeiras, Tok & Stok
. foto 30 – Cabana de tecido, Tote Design / Carneirinho de pau, Ed Antroposófica
. foto 33 – Mochilas Valutin
. foto 38 – Abajur, Baju Billô
. foto 39 e 61 – Adesivos de parede, Love Mae
. foto 51 – Pôsters comprados no site Society6 / Pôster a cima da Jojo, crianças na floresta, Belle & Boo
. foto 62 – No quarto de brincar: Brinquedos de madeira, Trenzinho Brinquedos / Varal de luz, Japonique / Sapateira que virou porta bonecas, Tok & Stok / Colcha de tecido para a criançada brincar no chão, Atelier Panacéia