Fotografia: Paula Brandão/ Texto: Leticia Brandão

Durante 8 anos a arquiteta Leticia atuou na área com gosto. Apaixonada pela pintura, tecelagem e bordado, ela também sempre tentou se manter próxima da arte de uma forma que lhe fosse rentável.
Um belo dia resolveu mudar, bateu na porta do Atelier de Pinturas Adriana e Carlota e pediu para trabalhar de graça! As donas acharam meio estranho mas a acolheram com carinho.
Seis meses depois Leticia engravidou e acabou saindo do atelier, e garante: foi a melhor coisa que ela fez! Esse foi o start que precisava para voltar a pintar e crochetar não apenas nas horas vagas e sim a qualquer hora, como seu ofício.
Mais alguns meses depois, nasceu o Valentim, hoje com 3 anos. Um menino gracioso que adora livros, carrinhos, aviões e os planetas do universo espacial.
Há três anos, junto com o Valentim nasceu também o projeto que Leticia chamou de Little Land.
Continuar lendo...

VAMOS TRICOTAR?
Na casa da Leticia todos sempre foram apaixonados por arte. Desde pequena ela e sua mãe já faziam de tudo: pintura, ballet, arraiolo, tricot e mil outras coisas. Interesse que vem sendo passado de geração para geração.
Sua grande inspiração nasceu junto com o Valentim. Após a maternidade ela descobriu que através de uma grande ideia, suas mãos podiam construir um novo mundo.
Desde então, a proposta da Little Land é criar um universo encantador fazendo um pouco de tudo para todas as fases da vida de uma criança. E Leticia não está sozinha nesta empreitada. Ela montou um belo time de 8 crocheteiras que trabalham de suas próprias casas e de quinze em quinze dias se reunem para trocar ideias e tirar dúvidas. Fazem sempre uma bagunça boa e produtiva.
Muito bacana o trabalho que Leticia vem desenvolvendo, que de uma forma ou outra resgata costumes de gerações anteriores, como brincar com bonecos de pano, ir para rua brincar com a criançada da vizinhança etc…. Percebemos que este resgate vem sendo cada vez mais aplicado pelos pais de hoje em dia, na tentativa de criar uma rotina mais desacelerada através de atividades menos tecnológicas e mais interativas entre elas e seus pais. Na busca de uma infância mais simples de se viver, sem muitas regras e afazeres, deixando para aplicá-los no tempo certo.

MOM ROCK
“Ser Mom Rock acho que é conseguir passar serenidade, paz e segurança ao meu filho, e ao mesmo tempo viver essa vida louca e atribulada!
Com a maternidade sinto que ganhei uma luz e que com ela posso chegar longe, sabe assim? Me tornei uma pessoa mais serena, positiva e forte e acredito que amor, respeito, compreensão e muita paciência são quesitos fundamentais para uma boa educação.”

FILHOS X TRABALHO
A LittleLand nasceu junto com o Valentim, então desde o começo Leticia conseguiu adequar as necessidades e afazeres do trabalho aos momentos de pausa do Valentim.
“Nunca foi muito difícil entender que tudo tem sua hora, na verdade a prioridade sempre foi ele! Eu trabalho o dia inteiro basicamente, porque mesmo quando estou com o Valentim estou criando. Quando estou sem ele eu coloco no papel e depois que ele dorme eu executo! Agora que ele já está mais crescido fica mais fácil ir ao parque com ele e crochetar enquanto ele brinca por exemplo. Ele também é uma criança que se vira muito bem, brinca sozinho sem problemas quando preciso trabalhar.”
Mesmo assim, Leticia ainda reserva 2 dias da semana exclusivamente para ele. Vão ao clube nadar e sem celular nem agulhas!

EM FAMÍLIA
A família gosta de tomar café da manhã todos os dias juntos para conversarem sobre ontem, contar e ouvir as vivências, “principalmente as do Valentim que aos 3 anos são geniais!” – diz ela.
Depois disso, cada um segue sua rotina. Leticia e Valentim seguem juntos até a hora da escola. Normalmente ficam em casa ou vão para a rua brincar com a criançada da vizinhança. Eles moram em uma rua estreita quase que fechada, o que permite uma certa tranquilidade para isso. Depois da escola ele sempre volta mais cansadinho então aproveitam para relaxar um pouco…algumas vezes jantam na casa dos amigos vizinhos ou na casa dos avós e “a hora de dormir é sempre muito especial pois o Valentim adora ler então ele separa 5 livros para lermos para ele.”

DECORAÇÃO
A casa de vila era pequena e geminada dos dois lados, então qual solução tomar para ter mais espaço e um ambiente iluminado e aconchegante?
Para o casal de arquitetos a solução foi quebrar as paredes e deixar os ambientes integrados. Com isso, o acesso à varanda que fica nos fundos da casa ficou mais fácil, permitindo que a luz natural entre e se espalhe por toda a morada. Paredes de tijolos aparentes, canos de metal para fiação a mostra e vigas de madeira misturadas as de ferro que reforçam a estrutura do teto, criam o aspecto industrial da decoração. Objetos retrô como a Vespa, o telefone público vermelho e a tela de Geraldo de Barros, misturados ao cenário industrial resultou num ambiente despojado.
A casa da Leticia também abriga seu espaço de trabalho, e para isso ela usa a mesa da sala, bem grande e bastante iluminada, além de permitir que ela acompanhe o Valentim enquanto ele brinca na sala de estar ao lado. Salas amplas e conectadas se tornaram o lugar para toda a família. O local que eles mais curtem quando estão juntos, com direito a um cantinho especial para o Valentim, com sua própria mesinha e seus brinquedos a mão.

- PROGRAMA FAVORITO EM FAMÍLIA
Viajar

- PITICO FAVORITO DO VALENTIM
“O Valentim adora um siri pirata que minha assistente fez para ele! Nós nem lançamos ainda…”
Vem novidade por aí!

DICAS DA LETICIA
- LIVROS INFANTIS
“Como pegar uma estrela” – Oliver Jeffers
“Cheiro de terra molhada” – Luiza Lameirão
“Filo e Marieta” ; “Cocô de Passarinho” ; “Você Troca?” – Eva Furnari
“Fábulas de Esopo” – Hans Gartner
“O homem que amava caixas” – Stephen Michael King

- PASSEIOS POR SP:
. Passeio pela feira de produtos orgânicos que tem perto do parque Ibirapuera
. Autorama
. E pic nic no parque

 

CRÉDITOS
. foto 05 – Bonecos Little Land
. foto 10 – Skate Mapa Mundi, comprado no site iBacana
. foto 12 – Quadro Eleonore koch
. foto 15 – Cabideiro Charles Eames
. foto 17 – Leticia veste Guria
. foto 19 – Quadro Tomie Ohtake
. foto 20 – tapete de EVA comprado no centro da cidade em uma loja que vende tapetes para ônibus
. foto 33 – Quadro Pepsi, Geraldo de Barros
. foto 34 – Fotografia Bob Wolfenson
. foto 35 – Berço Cosumann e Colcha Panacéia
. foto 46 – Cadeira Panton comprada na Micasa
. foto 47 – Guirlanda de feltro feita por Leticia
. foto 53 – Quadro feito pelo Marido Miguel
. foto 54 – Vestido Vix; Sandália Shultz; Brincos Raphael Falci; Bolsa que trouxe da India